As Delícias e os Riscos de Andar de Moto em São Paulo

2 de agosto de 2017

Seguro Auto

Quem mora em São Paulo sabe bem como é o trânsito da cidade. As motocicletas aparecem cada vez mais como uma alternativa mais barata e prática de transporte. Quem pilota moto economiza tempo no trânsito, já que se locomove mais rápido e na hora de estacionar na rua, cabe praticamente em qualquer vaga de estacionamento. Além disso, é umas das atividades que mais traz alegria às pessoas, renovando as energias e aliviando o estresse.

Andar de moto faz bem à saúde e meio ambiente. Em uma hora você queima cerca de 150 calorias, a musculatura é trabalhada e fortalecida por conta do esforço ao dirigir contra o vento, manter o equilíbrio e realizar as manobras necessárias. Dirigir moto requer alto nível de atenção, o que estimula o cérebro, melhorando seu funcionamento e beneficiando as funções cognitivas. É uma experiência comparada à meditação, pois proporciona bem-estar aos pilotos. E por usar menos combustível, as motos lançam menos poluentes na atmosfera.

Comparada aos carros, moto é mais rápida, barata e compacta. Mas tanto piloto quanto passageiro de moto estão bem menos protegidos do que as pessoas que se locomovem em carros, ônibus e outros veículos. É muito comum vermos nas ruas algum acidente envolvendo uma moto ou sabermos de alguém que passou por alguma situação de risco, como um assalto. Não ter um seguro para moto nessas horas é assumir o pagamento de todo o prejuízo. Em casos de furto ou roubo de moto, as chances de recuperar o veículo são pequenas.

Perder um bem conquistado com tanto esforço é uma dor de cabeça, ainda mais para quem possui moto financiada. Seguro para moto é tão importante quanto seguro de carro e pode ser feito tanto para as motos usadas diariamente, quanto para o lazer. Seja qual for o seu modelo, você pode fazer um seguro moto.

A Rotta Seguros conta com as melhores soluções para a aquisição do seguro de moto e trabalha com as melhores seguradoras do mercado. O Seguro Moto cobre danos a moto, motociclista e passageiros, além de prejuízos a terceiros. Para quem pilota com frequência, seguros de moto dão mais segurança em ruas e estradas, protegendo contra incêndio, acidente, furto ou roubo.

Assim como no seguro de carro, o seguro para motos é calculado de acordo com o tamanho do risco que a seguradora vai assumir. O sexo, a idade e o histórico de acidentes do condutor, também influenciam no valor de seguro de moto. Rastreadores e alarmes para motos deixam o seguro de moto mais barato, pois diminuem o potencial de risco. Na contratação do seguro moto, o risco é transferido para a seguradora, que arca com os prejuízos em caso de sinistro. Quanto maior a chance de acidentes ou furtos, maior o valor do seguro.

O melhor seguro para motos é o que oferece as melhores coberturas e prêmios a um preço acessível, atendendo às necessidades de cada consumidor. Ter cobertura parcial para roubo e furto de moto também pode valer a pena. Faça uma simulação online de seguro moto no site da Rotta Seguros, com as melhores seguradoras do mercado, como a Porto Seguro Moto, que possui destaque no seguro motocicleta.

O maior diferencial para um seguro moto bom é quando a empresa oferece um serviço adequado, com agilidade na indenização na hora do sinistro. Em caso de acidente, um guincho é enviado para remoção. Outros problemas como pane, bateria, combustível ou pneu furado, o serviço de socorro também é enviado. A lista de itens cobertos inclui chaveiro, remoção de passageiros acidentados, locomoção de pessoa da família em caso de internação, motorista substituto em caso de incapacitação de quem conduzia o veículo segurado após acidente, entre outros.

Motos estão mais sujeitas a acidentes e roubos do que os carros, é prudente não arriscar. Dependendo do modelo escolhido e do investimento feito, o seguro moto não pesa no bolso, perto do possível prejuízo com roubo ou acidente.

Proprietários de motos maiores e que usam o veículo para lazer conseguem fazer o seguro da moto pagando uma quantia bastante acessível, em comparação com o valor do bem. Faz diferença para a seguradora saber se você costuma estacionar o seu veículo na rua, garagem ou estacionamento. Se o local tiver itens adicionais de segurança, como porteiro ou portão automático, o valor do seguro de moto diminui ainda mais.

Existem três tipos de coberturas de seguro moto: compreensiva, parcial furto/roubo e para terceiros. A cobertura compreensiva para moto protege contra roubo, furto, colisão, incêndio e cobertura para terceiros, além de incluir assistência 24 horas. A cobertura parcial para moto cobre somente contra furto e roubo, além da assistência 24 horas. Esse plano é o mais comum e barato, por não precisar de perfil para contratação. E por fim a cobertura RCF moto, de responsabilidade civil facultativa de motos, ou cobertura de terceiros. Essa cobertura indeniza danos causados a veículos, propriedade alheia e lesões causadas pelo condutor da moto.

A verdade é que, independentemente do valor final do seguro para motos, vale muito a pena proteger seu patrimônio ou instrumento de trabalho, devido ao custo-benefício. A parte emocional também conta. Estando com a sua motocicleta segurada, mesmo com uma cobertura limitada contra roubo ou furto, você ficará muito mais tranquilo para pilotar e aproveitar as delícias que andar de moto proporciona.

 


Deixe um Comentário



WhatsApp WhatsApp