ATENÇÃO CAMINHONEIRO: PRESERVE SUA VIDA!

12 de setembro de 2018

Seguro de Carga

Os caminhoneiros são de importância fundamental para o funcionamento do Brasil. Todos os dias, esses profissionais percorrem longas distâncias nas estradas para garantir o abastecimento de produtos essenciais às comunidades.Sem eles, como bem mostrou a recente greve dos caminhoneiros, o país para.

A peça mais importante para o bom funcionamento do caminhão é o motorista. Por conta das exaustivas jornadas, os caminhoneiros nem sempre descansam da maneira mais adequada. Quando a saúde do caminhoneiro não anda bem, todas as outras coisas correm perigo: caminhão, carga, sustento da família, vidas.

O sono é uma necessidade básica como comer, ingerir líquidos e ir ao banheiro, portanto, é insubstituível. A quantidade ideal muda de um caminhoneiro para outro, mas recomenda-se o mínimo de oito horas,antes do início da jornada de trabalho. Durante o sono, nosso organismo regula o sistema imunológico e hormonal, além de recompor os neurotransmissores. Dormir adequadamente melhora humor, atenção, energia, raciocínio e produtividade.

Logo após as refeições, ocorre distensão do tubo digestivo, maior fluxo de sangue e consequente produção da melatonina,devido aos carboidratos ingeridos. A melatonina gera sonolência nos caminhoneiros, que é intensificada em ambientes escuros ou com exposição dos raios solares, ou seja, um perigo para quem dirige logo após as refeições. Os sinais mais comuns de sonolência são pálpebras pesadas, cabeça caindo, esfregar de olhos, bocejos, visão borrada, fortes e frequentes piscar de olhos, dificuldade de focalizar, lentidão.

Para os caminhoneiros que trabalham de madrugada, o sono é o maior risco. É comum buscarem estímulos contrários, como remédios (o famoso rebite), o que não é recomendável. Após 4 h do início do trabalho, ocorre lapso de atenção, após 8h surge déficit de atenção e risco maior de acidentes nas estradas. Acidentes costumam ser provocados por falhas decorrentes dos distúrbios de sono dos motoristas.

Entre os distúrbios de sono dos caminhoneiros temos privação do sono e sonolência excessiva diurna. O sono irregular dos caminhoneiros produz alterações no corpo, que logo começa a emitir sinais e sintomas, como indisposição, baixa produtividade, dificuldade de raciocínio, problemas de humor e falta de concentração.

Ser caminhoneiro é um trabalho penoso e desgastante, pois a profissão submete o motorista ao estresse físico, psicológico e social, além dos riscos inerentes como ruídos, vibração, variações térmicas, poluição e péssimas condições das estradas. É comum vermos o motorista dormir no caminhão, no dormitório da empresa onde é feita manutenção ou em dormitórios coletivos, impedindo que o sono seja bem aproveitado para a próxima jornada. O ambiente deve ser no máximo com dois leitos, silencioso, escuro, ventilado e higienizado.

É comum os motoristas fazerem dois turnos por dia, trabalhando de doze a quatorze horas seguidas, comprometendo a saúde do caminhoneiro. O mais adequado seria que o turno do caminhoneiro seja de no máximo seis horas eque a cada duas horas haja pausa de dez a quinze minutos de descanso, com caminhada e alongamento. O intervalo ideal entre um turno e outro de um caminhoneiro deve ser de dezoito horas, para lazer, atividade social e descanso.

Nenhum motorista consegue vencer o sono. Durante o trajeto, a melhor decisão para o caminhoneiro preservar sua vida, é estacionar o veículo num lugar seguro e cochilar ao menos 30 minutos. Durante a viagem, descanse no horário de folga. Em casa, o sono deve ser sagrado, procure manter uma rotina para dormir e acordar no mesmo horário. Evite escalas de trabalho que quebrem seu padrão de sono. Não trabalhe doente, pois até um resfriado pode provocar cansaço e sonolência. Bebida não combina com direção, ainda mais de quem é responsável por um veículo do porte de um caminhão.

É preciso conscientizar a todos sobre os perigos e riscos a que estão expostos os caminhoneiros. Empresários e motoristas de caminhões precisam estar conscientes sobre as formas de prevenção da segurança dos profissionais do transporte. É importante preservar a vida dos caminhoneiros, melhorando as condições de trabalho para evitar acidentes nas estradas.


Deixe um Comentário



WhatsApp WhatsApp