Preservar a Saúde dos Caminhoneiros gera Eficiência na Gestão de Frotas

9 de outubro de 2018

Seguro de Carga

A gestão de frotas é importante para manter os ativos de uma empresa. Porém, nem todos os gestores de frotas se preocupam com um ponto muito importante no gerenciamento de frota, a saúde dos caminhoneiros. Entre outros pontos, o gestor de frota precisa pensar em criar ações que promovam mais qualidade de vida dos caminhoneiros.

Os motoristas de caminhão brasileiros rodam em média 10 mil quilômetros por mês, trabalhando quase 12 horas por dia. Isso significa que os caminhoneiros passam metade do dia realizando movimentos repetitivos. É importante que o gestor de frotas promova ações que tragam bem-estar aos caminhoneiros, para minimizar o cansaço e a fadiga resultantes dessa profissão. Esse trabalho visa preservar a saúde dos motoristas, diminuindo a quantidade de atestados médicos, melhorando rendimento e eficiência.  Além de gerarem esses benefícios, há também redução de custos na gestão da frota e aumento da produtividade.

É preciso lembrar que os riscos da estrada vão além de acidentes e roubos. A jornada de um motorista de caminhão é desgastante para corpo e mente. Ao longo do tempo, a capacidade funcional, saúde e estado mental são afetados. A maioria das doenças que atinge motoristas de caminhões não apresenta sintomas, dificultando a percepção imediata e evoluindo progressivamente.

O cansaço e a fadiga são os maiores responsáveis pelas mortes no trânsito. O gestor de frotas precisa orientar os motoristas sobre o planejamento das viagens, incluindo paradas para abastecimento do caminhão, alimentação correta, procura por boas condições de descanso, além de fiscalização sobre o uso de substâncias ilegais.

Para promover bem estar e qualidade de vida dos caminhoneiros, é importante que o gestor de transporte encontre maneiras de incentivar a direção defensiva dos motoristas. Isso inclui circular dentro dos limites de velocidade, fazer uso do cinto de segurança, não trafegar pelo acostamento, utilizar luzes externas do caminhão em caso de chuva ou nevoeiro, obedecer à distância segura em relação aos demais veículos e não exceder o peso de carga. Também é importante escolher roteiros seguros, pavimentados e bem iluminados, ainda que sejam mais longos.

Nesse sentido é importante ressaltar que dentro da legislação do transporte rodoviário existe a lei do descanso do caminhoneiro. Essa lei garante que os caminhoneiros profissionais tenham uma jornada de trabalho de até 12 horas, sendo que duas horas são extras e mais duas devem ser acertadas por meio de acordo coletivo. O período de descanso de 11 horas pode ser fracionado, mas todas as horas devem ser tiradas em um mesmo dia e oito devem ser consecutivas.O tempo máximo de direção foi ampliado para até cinco horas e meia. Os descansos podem ser feitos em locais de espera sinalizados pelo Contran. O descumprimento da lei, além de gerar penalidade aplicada ao caminhoneiro que descumprir os períodos de repouso, diminui significativamente a eficiência do motorista na função.

A gestão de transportes e frotas tem um novo desafio no atendimento ao motorista, que é o de olhar o indivíduo por inteiro, garantindo atenção integral à sua saúde. Uma das soluções para o gestor de transporte de uma transportadora eficiente ofereça pequenos incentivos através de campanhas informativas organizadas pela empresa.

Dentro do gerenciamento de transporte e frotas é importante orientar sobre o correto armazenamento de refeições pré-cozidas saudáveis nos caminhões. Incentivar o consumo de bebidas alternativas, como sucos e bebidas naturais, para evitar o consumo excessivo de cafeína ou bebidas energéticas nocivas. Na gestão de transportes e frotas é importante apresentar opções tecnológicas para que os motoristas possam ter recursos de interação com a família nas paradas durante a viagem. Outra sugestão é orientar os motoristas a ouvirem músicas que estimulem a atenção e os deixem mentalmente estimulados, enquanto estão na estrada.

A eficiência do controle de frota está diretamente relacionada ao desempenho dos motoristas, por isso é fundamental trabalhar pelo bem estar e qualidade de vida dos caminhoneiros. Além disso, esse cuidado em preservar a saúde dos motoristas pode se tornar um diferencial competitivo para sua empresa.


Deixe um Comentário



Open chat